AGORA TEMOS WHATSAPP: 11-97438.3083
Minha Sacola
0Itens

A Sacola Está Vazia.

FreteGrátis
    Minha Sacola
    0Itens

    A Sacola Está Vazia.

    FreteGrátis




      Hario V60 – Saiba como preparar o seu café

      A Hario V60 é um dos métodos mais procurados na hora de preparar o café. ESTRUTURA: conta com frisos curvados em relevo e um orifício de diâmetro maior no fundo que fazem a diferença na hora do preparo. Possui diversas opções de cores e acessórios, versões em vidro, acrílico ou cerâmica. MOAGEM: média VANTAGENS: simples de preparar, prática de limpar. PREPARO: 1º passo escalde o filtro com água quente para retirar as impurezas do papel; 2º passo pese o café; 3º passo coloque o café no filtro de papel e despeje a água em movimentos circulares (de fora para dentro) na superfície do pó. SUGESTÃO DA REVISTA ESPRESSO: para o preparo são recomendados 20g de café + 180 ml de água + pré-infusão de 30 segundos. Crédito da foto: Lucas Albin_Agência Ophelia_Café Editora




      French Press – Prepare o café neste método

      Apesar do nome foi criada por um designer italiano e é bem simples de usar.

      ESTRUTURA: corpo em vidro que permite a visualização do seu interior; 2 peneiras e um suporte de metal. MOAGEM: média grossa VANTAGENS: charme e facilidade no preparo PREPARO: 1º passo escalde o equipamento antes de utilizá-lo; 2º passo pese o café; coloque a quantidade de pó e despeje a água; 3º passo deixe em infusão; 4º passo aperte o pistão para separar o café do líquido. SUGESTÃO DE PREPARO DA REVISTA ESPRESSO: 15g de café + 160 ml de água + pré-infusão de 30 segundos (água suficiente para cobrir todo o pó) + infusão de 3,5 minutos (com a água restante). Crédito da foto: Ravena Maia_Café Editora




      Italiana – Prepare o seu café

      Também conhecida como moka é uma panelinha de metal que se tornou um ícone do design mundial, produz um café que lembra o espresso. MOAGEM: média grossa DICA: além da água no compartimento inferior, é interessante colocar algumas gotas de água fria no compartimento inferior. Assim, a água não passa tão quente pelo café, evitando queimar. PREPARO: sempre deixa a moka em fogo baixo. 1º passo encha a base com água fria até ao nível da válvula. Coloque o filtro; 2º passo pese o café; coloque o café no filtro sem prensá-lo; 3º passo encaixe todas as partes da moka e leve ao fogo baixo; 4º passo quando o café subir e começar a borbulhar, retire do fogo. Misture o café com uma colher antes de servir. SUGESTÃO DE PREPARO DA REVISTA ESPRESSO: encha o compartimento para o café – cerca de 2 colheres de sopa ou 20g + 150 ml de água. Crédito da foto: Daniel Ozana_Studio Oz_Café Editora




      Conhece a Aeropress?

      Foi criada em 2005 pelo engenheiro Alan Adler, da Aerobie, inventor do famoso frisbee, aquele disco de brinquedo. ESTRUTURA: seus 29 cm de altura é composto por sete peças: base, porta-filtro, êmbolo, funil, armazenador de filtro extra, dosador e mexedor, que, juntas, trabalham para produzir um café de aspecto intermediário entre espresso e filtrado. O filtro costuma ser descartável de papel, circular e plano e o de metal. A bebida é extraída por meio da pressão do ar, feita manualmente. MOAGEM: média PREPARO: 1º passo coloque a borracha para cima e encaixe a parte menor no êmbolo; 2º passo pese o café, o coloque no recipiente, despeje a água e deixe em infusão; 3º passo escalde o filtro e o encaixe na peça; 4º passo vire a Aeropress em um recipiente e pressione até o final. O café já está pronto para servir. SUGESTÃO DE PREPARO DA REVISTA ESPRESSO: 12g de café para 200 ml de água + pré-infusão de 30 segundos (água suficiente para cobrir todo o pó) + infusão de um minuto (com a água restante). Crédito da foto: Ravena Maia_Café Editora




      Pressca - método criado no Brasil

      Criação brasileira conta com uma tecnologia de extração por pressão, um método simples e rápido em que é possível preparar o café e bebê-lo ali mesmo, prático para levar em qualquer lugar. MOAGEM: grossa conta com corpo transparente, tampa, base do corpo, filtro e êmbolo. Dispensa filtro de papel. PREPARO: 1º passo retire o êmbolo suavemente, puxando-o para cima até removê-lo totalmente do interior do corpo. Certifique-se de que a base do corpo está bem apertada para evitar vazamentos; 2º passo coloque o pó de café e a água sem exceder a marca interna do corpo (MÁX), aguarde de 2 a 4 minutos; 3º passo encaixe o êmbolo com a tampa aberta (para aliviar a pressão), a partir dai, empurre o êmbolo suavemente até embaixo. SUGESTÃO DA EQUIPE PRESSCA: 7,5g para 200 ml da bebida ou 15 g para 350 ml de água.




      Você sabe o que é a moagem do café?

      Cada método de preparo necessita de uma moagem uniforme dos grãos para que a bebida seja melhor aproveitada. Os grãos do café passam pelo moedor e assim, pela escolha de quem o está moendo, chega-se a uma determinada moagem, que é definida através da granulometria. DICA PARA CADA MÉTODO: a moagem grossa é indicada para fazer o café na cafeteira italiana (moka) e prensa francesa (french press), a média para coadores, cafeteira doméstica, Aeropress, Chemex, Clever e espresso, já a moagem fina é ideal para o café turco. Crédito da foto: Felipe Gombossy_Café Editora




      A importância da água no preparo do seu café!

      A água é o elemento que extrairá tudo o que o grão tem de melhor ao passar pelo pó. Representa 90% da bebida na xícara. DICA Opte por uma água filtrada ou mineral. O ideal é não usar água da torneira, que contém cloro e interfere no sabor da bebida. TEMPERATURA Para quem não possui termômetro em casa, a dica é usar um copo medidor para determinar a quantidade de água que será utilizada para fazer o café. Espere a água ferver, retire do fogo e deixe descansar por um minuto; assim, a água não vai mais estar fervendo, o que evita queimar o café, mas também não estará abaixo de 90ºC. O IDEAL É QUE ELA ESTEJA ENTRE 90ºC E 94ºC. Crédito da foto: Felipe Gombossy_Café Editora




      Sobre diluição/proporção

      Segundo a barista e professora Lidiane dos Santos, em entrevista para a Revista Espresso, a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) recomenda que a proporção na hora de preparar o café coado seja de 80g a 100g de pó, para um litro de água. “A proporção de 1 para 10, foi aplicada durante muito tempo, como uma orientação de dosagem no preparo de cafés, para sentirmos uma bebida mais agradável de aromas. Já a diluição de 1 g para 160 ml (próximo ao padrão recomendado pela Specialty Coffee Association of America, SCAA), resulta em equilíbrio na xícara, como também, a diluição entre 6 e 8 g para 100 ml, deixa a bebida muito mais leve e agradável para ser degustada”, afirma Lidiane. MÉTODOS A sua escolha do método de preparo para o café resultará em intensidades diferentes, como acidez ou até mesmo, um amargor, que não é da característica do seu café escolhido. Fatores como diluição, proporção e tempo de contato da água com o pó, até a finalização do preparo, são responsáveis pela estrutura da bebida. Segundo Lidiane é importante lembrar que a cafeína é hidrossolúvel, por isso, quanto mais tempo de contato, mais cafeína terá na bebida e consequentemente mais amargor. Dependendo do ponto de torra do café e intensidade da bebida que se deseja fazer, é possível realizar alterações na receita e na proporção a ser utilizada.




      FAÇA A CONTA

      • Café suave = x gramas de café multiplicado por 16 dá a quantidade de água
      • Café médio = x gramas de café multiplicado por 12 dá a quantidade de água
      • Café intenso = x gramas de café multiplicado por 10 dá a quantidade de água
      • *se você tem a quantidade de água e quer encontrar quanto de pó colocar, divida a quantidade de água (ex. 300 ml) pelos valores acima e encontre as gramas de café (ex. 25 gramas, para a proporção de 12. Como fazer: 300 ml dividido por 12 resulta em 25 g de café.
       

      MÉTODO

       

      ÁGUA / CAFÉ

       

      TEMPO DE PREPARO

      CARACTERÍSTICA DA BEBIDA

       
       

      French Press

       

      6 e 8 g para 100 ml

       

      3 a 4 minutos

       

      Bebida mais densa e encorpada. O filtro de metal não retém os componentes solúveis do café.

       

      Hario V60

       

      6 e 8 g para 100ml

       

      2 a 3 minutos

       

      Uma bebida mais suave com acidez acentuada e maior doçura.

       

      Coado em filtro de papel tradicional

       

      6 e 8 g para 100 m

       

      2 a 5 minutos

       

      O longo tempo de preparo pode resultar em sabor amargo, por conta de a vasão ser lenta. Para preparar volumes maiores de 400 ml, deve-se fazer em duas etapas.

       

      Aeropress

       

      6 e 8 g para 100 ml

       

      30 seg e 2 minutos

       

      Dependendo da dosagem, a intensidade ficará similar a de um espresso devido à pressão do ar.

      Crédito da foto: Daniel Ozana_Studio OZ_Café Editora Crédito da Foto: Felipe Gombossy_Café Editora

      Dicas para você escolher o seu café!

      • No Brasil existem duas espécies de grãos: COFFEA ARÁBICA – uma bebida mais suave, doce e aromática e o COFFEA CANEPHORA (ROBUSTA OU CONILON) - uma bebida encorpada e que tem boa aceitação em determinados mercados para a elaboração de blends e de café solúvel, que aos poucos vem ganhando espaço.
      • Manter o café em grão preserva por mais tempo as características do sabor. Caso prefira os cafés moídos verifique se estão FRESCOS E BEM ARMAZENADOS.
      • Os cafés que possuem selos de qualidade, premiação e certificação de origem na embalagem podem sugerir um produto de maior qualidade. Lembre-se de sempre verificar a data da torra/fabricação no rótulo. QUANTO MAIS FRESCO, MELHOR!
      • Opte por embalagens com VÁLVULA que expele o gás e impede a entrada de oxigênio, para maior DURABILIDADE. Procure na embalagem informações sobre a região, produtor e torrefador. Variedades e características também podem estar presentes ali.
      • Não use água da torneira, para evitar o excesso de cloro na bebida!
      • Prepare uma quantidade de café para consumir na hora, caso sobre café, aproveite para montar alguma sobremesa com a bebida!